Projeto de execução nas moradias

A maioria dos clientes que inicial o projeto de licenciamento da sua mordia não subscrevem os projetos de execução.

Para pouparem  nos honorários dos técnicos no inicio do projeto de uma vida, acabam por gastar mais (em tempo ou em custos) na execução da obra.

O que é um projeto de execução ?

Um projeto de execução é o projeto preparado para execução da obra.

É um conjunto de peças - escritas e desenhadas - que contém o detalhe os pormenores necessários para que o empreiteiro execute a obra correctamente.

Contém também uma peça fundamental do que diz respeito ao controlo de custos da empreitada: mapa de medições e caderno de encargos. Com estes elementos o empreiteiro irá orçamentar a obra com base nas quantidades, técnicas e materiais necessários.

O projeto de licenciamento que entrou na câmara é suficiente para a obra ?

Os projetos que dão entrada na câmara municipal são os suficientes para que se entenda o projeto num todo, mas não ao detalhe necessário para obra.

No projetos de licenciamento  não é necessário definir alguns aspectos importantes da obra, tais como as marca e modelo dos revestimentos das paredes e tectos, o tipo, material e cor dos moveis na cozinha, quais o tipo e cor de carpintarias, das loiças sanitárias, localização de luminárias, tomadas e interruptores, etc.

Porquê os clientes fogem ao projeto de execução ?

Os clientes evitam a subscrição do protejo de execução por dois motivos.

Primeiro motivo é cultural: sempre se construiu com base em projetos de licenciamento, por um lado porque se achou que seria suficiente deixando muitas das decisões para o momento da obra ou para o critério do empreiteiro. Optou-se no passado por construir rapido, de forma pouco personalizada com vista à venda imediata. Muitas das vezes sem critério arquitectónico e que se reflete na qualidade das construções. 

Outro motivo, que está associado ao anterior, é por uma questão do custo. Um projeto de execução pode custar entre 50% a 100% mais de um projeto de licenciamento, dependendo da complexidade da obra. O cliente comum sente sempre que está a pagar o suficiente para os projetos de licenciamento e não quer ter custos adicionais em projetos.

Quais as vantagens de  um projeto de execução ?

No projeto de execução tudo é definido ao pormenor.  Ao definir tudo ao pormenor a execução da obra é:

  • Mais verdadeira, uma vez que se cumpre integralmente o projeto e as ideias do cliente e do projetista.
  • Mais económica, uma vez que permite que seja quantificado todos os trabalhos e técnicas de construção, ver onde estão os custos mais elevados e  ajustar os orçamentos e as opções de projeto. Os empreiteiros ficam com pouca margem para especularem sobre o preço da obra.
  • Mais eficaz, uma vez que evitará muitos erros e omissões em obra, tornando-a mais rápida e com menos possibilidades de improvisos ou alterações indesejadas.

Os nossos clientes que tem contacto com o mundo da construção reconhecem facilmente a vantagem de ter um protejo de execução. 

Embora muitas vezes seja difícil propor aos nossos clientes um projeto de execução das moradias,  que desenvolva o projeto de licenciamento, tentamos ajudar em algumas definições para o momento da obra, nomeadamente perceber e analisar os orçamentos enviados pelos empreiteiros ou em assistência técnica no esclarecimento de alguma dúvida em obra.